quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O vôo dos beija-flores e o avanço das tecnologias


Imagem: http://3.bp.blogspot.com/_FqtBCLWISo8/SqDmW85F-qI/AAAAAAAAAVg/pKI5nD86S0w/s400/beija-flor-tesoura.jpg

O vôo dos beija-flores encanta pela sua eficácia, velocidade e delicadeza. Mas o que pouco se sabe é que muitas vezes o homem se inspira na natureza para o avanço tecnológico. Com o vôo do beija-flor não seria diferente. O biólogo Bret Tobalske chefiou uma equipe de três universidades norte-americanas (Portland, Oregon e George Fox), que publicou na revista Nature os resultados de uma pesquisa que prova, ao contrário do que se acreditava, que os beija-flores não voam como os insetos. Tal fato terá que ser reescrito nos livros de biologia.

O resultado da pesquisa constata que os beija-flores possuem uma forma de voar totalmente diferente tanto dos demais pássaros quanto dos insetos. Os engenheiros aeronáuticos já estão se movimentando para tentar tirar proveito desse vôo totalmente assimétrico.

Os projetos de mini-veículos autônomos, minúsculas máquinas voadoras, de veículos grandes, como helicópteros e veículos pessoais aéreos e até mesmo mini-robôs para a exploração de outros planetas deverão ser influenciados pela importante descoberta.


Leia mais sobre essa matéria: http://www.avesenoticias.com.br/noticias/205-curiosidade-sobre-o-voo-dos-beija-flores-

Nenhum comentário:

Postar um comentário